Frutos do Mar quais as melhores opções para o seu Restaurante

Frutos do Mar

Frutos do mar não são itens baratos de se trabalhar e caso você esteja pensando em investir neles é importante saber disso.

Eles estão entre as preferências dos clientes, porém oferecer opções saborosas e econômicas é um grande desafio para o estabelecimento.

Para quem está abrindo um restaurante, a definição do cardápio está entre os maiores problemas a serem resolvidos, principalmente quando o assunto é frutos do mar.

Neste artigo nós vamos listar os frutos do mar mais procurados pelo público e dizer quais pratos podem ser feitos com eles.

Lula

A Lula está entre os frutos do mar preferidos do público. É muito pedida por quem está substituindo o consumo por carne vermelha e, apesar de não ser um produto muito barato, pode ser inserida em diferentes tipos de pratos.

A Lula é muito utilizada em saladas que podem ser misturadas com frutas, como a manga, com alface e rúcula, com tomates, como em vinagretes, e até com coco, podendo ser temperada com leite de coco e limão.

Esse fruto do mar também pode ser feito empanado ou à dorê, muito comum como porções de petiscos, ou ainda, recheada com outros frutos do mar, como o camarão. Ah! E não podemos esquecer do clássico ceviche, que pode ser servido em porções individuais.

Camarão

Ele também está entre os preferidos do público, mas existem diferentes tipos de camarão, pequenos, grandes, brancos, rosas, a variedade é realmente grande.
Um dos benefícios desse fruto do mar é que ele pode ser utilizado em inúmeros pratos, desde as porções até os mais requintados.
O camarão vai bem como salada, somado a vários tipos de folhas, pode ser o ingrediente principal de um estrogonofe, combinado com massas, no ceviche, no risoto, em moquecas, e em pratos onde ele é a grande estrela como o bobó de camarão, o camarão na moranga, o camarão à provençal e assim por diante. Não existe limitações para esse fruto do mar.

Mexilhão

Um pouco menos conhecido do que os anteriores, o mexilhão é um molusco que também oferece diferentes formas de preparo, porém, não tão populares como a lula e o camarão.

Mesmo sendo pouco conhecido, após experimentá-lo não há quem não se encante pelos sabores que esse fruto do mar oferece.

O mexilhão pode ser o ingrediente de receitas simples com ao vinho branco, cozido no tacho, que proporciona uma textura inconfundível, com vinho branco e tomilho ou com vinho branco e salsinha, regado com cerveja, no vinagrete ou um escabeche de mexilhão.

Esse fruto do mar também pode fazer parte de outros pratos como o risoto de mexilhão, a paella de mexilhão, com massas, caldos e sopas, em tortas, saladas e até feijoada com frutos do mar.

Polvo

Há quem diga que não gosta dessa iguaria, mas provavelmente deve ser porque nunca experimentou um polvo bem feito. Esse fruto do mar pode ficar delicioso, desde que seja preparado da forma correta. Acontece que se passar do tempo de seu cozimento, o polvo pode ficar com aspecto de borracha. Por isso, é importante estar atento durante o seu preparo.

Apesar do cuidado, ele é um ingrediente fácil de trabalhar e que pode ser combinado em diferentes pratos. O polvo pode ser feito de forma tradicional como em paellas, grelhado, polvo à lagareiro, guisado de polvo, polvo à vinagrete, com arroz e leite de coco, risoto, em ceviches, como carpaccio, em massas e saladas.

Quer aprender a fazer as receitas que citamos acima ou quer receber mais dicas para o seu restaurante? Então fique ligado nos posts do Blog da Ryu.